Menu

ABComm e Konduto divulgam números do e-commerce durante a pandemia

  • 27/04/2020 às 18:19
ABComm e Konduto divulgam números do e-commerce durante a pandemia
Quais impactos do novo coronavírus no e-commerce? A Konduto orgulhosamente uniu forças à Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e passa a divulgar estudos completos que mostram como a crise afetou as compras on-line no país.

Neste primeiro momento, mensuramos quais segmentos apresentaram expansão e queda durante o período de quarentena a partir da análise de mais de 20 milhões de pedidos de mais de 4 mil lojas virtuais entre 1º de março e 8 de abril de 2020

De acordo com os dados, a primeira quinzena de março registrou queda nas mais diversas categorias do e-commerce. Conforme a população foi assimilando a nova realidade e as medidas de isolamento, o ecossistema como um todo iniciou um processo de recuperação.

“Algumas categorias ainda não conseguiram retomar o ritmo de vendas de antes da pandemia, mas outros segmentos, como farmácias e supermercados, estão assumindo um novo protagonismo no comércio eletrônico brasileiro. A expectativa, ao menos para as próximas semanas com extensão da quarentena e fechamento do comércio físico, é de que as vendas on-line mantenham esta curva de crescimento”, afirma Tom Canabarro, CEO e cofundador da Konduto.

O primeiro estudo divulgado pela Konduto e a ABComm considera apenas vendas on-line de produtos físicos, que foram divididos em 16 categorias: artigos esportivos; autopeças; bazar/importados bebidas; bijuterias e acessórios; brinquedos e jogos; calçados; cosméticos; eletrodomésticos; eletrônicos; farmácia; livraria; moda; móveis e decoração; ótica; e supermercados.

O próximo estudo sobre o impacto do novo coronavírus no e-commerce vai incluir dados de comércios eletrônicos de serviços, divididos nas seguintes categorias: aplicativos de entrega; cursos online; games online; hospedagem; ingressos; passagens aéreas; passagens rodoviárias; e restaurantes.

ABComm e Konduto vão atualizar cada relatório quinzenalmente, acrescentando novas informações sobre a variação de cada uma das categorias analisadas, de acordo com a manutenção das recomendações de isolamento social. Fique de olho nos nossos e-mails e nas postagens aqui no blog e em nossas redes sociais!
Postado em:
E-commerce